08
nov

A lenda da “Mulher do Cemitério”

Postado por Luquinhas - Besteirol

Essa é uma história real, cardíacos e Vinícius, cuidado ao ler.
Eu estava caminhando tranquilamente, sempre lembrando de respirar. Atravessando o viaduto que liga os bairros “Monte Verde” e “João Paulo”, comecei a observar o cemitério pois lembrei de uma conversa com a mãe de alguém, quando ela contou..
“(…) você já viu umas luzinhas no cemitério que surgem por causa do gás (…) é os mortos peidando (…) sai mãe, para de me envergonhar (…) ele brincava de barbie quando tinha 6 anos, mas até que se ajeitou (…) SAI MÃE, buááá (…)”
Enfatizei a parte das luzinhas. Procurei, procurei, mas nem achei a tal das luzinhas. Será que a mãe do cara vê coisas?! Preciso lembrar quem era o cara…
Enfim, até agora nada né?! Isso até passar pela entrada do cemitério, o peculiar desta entrada é que ela tem uns mini-becos talvez propositais onde cabe alguém, exatamente ali que surgiu a imagem da santa mulher do cemitério.
Ao observar aquela espaço que deveria estar vazio, me assustei (o suficiente pra dar um peidinho) com uma figura pra lá de assustadora. Era o Loch peladão pulando! Uma mulher que não era nem velha, nem jovem, com os cabeços esvoançantes (sem o vento), olhos que absorvem sua alma e a aparencia totalmente medonha. Coisa do cão miúdo com certeza!!
Mas não fui homem o bastante para averiguar se era apenas uma mendiga, ou uma aparição demoníaca do inferno!! Prefero escolher a 2º opção, que dá razão ao meu susto.
Mas ninguém acreditou nas palavras deste admin sobre a existência de tal aparição! Até eu comecei a duvidar… até que ela voltou!!!
Desta vez eu parei e encarei naqueles olhos demoniacos, mas ela encarou de volta, e ainda por cima, deu um risinho pra lá de sexy assutador. O suficiente para eu voltar a caminhar para casa, talvez até um pouquinho mais rápido (só um poquinho). Sozinho em uma rua pra lá de escura, nem o Chapolim ficava lá.
Foi aí que eu tinha certeza da existência dela, mas como provar?! Já era hora de pegar o Avião CCP para emergências e conversar com alguns amigos.
Incansávelmente busquei por provas, fotos, vídeos, relatos dos moradores, tudo para maximizar minha busca.
Mas foi com as fotos que eu encontrei algo. Utilizando um dos programas da NASA e algumas fotos, obtive resultados que vão impressionar a todos!!

prova1
Aparição próxima ao cemitério

prova2
Aparição em meio aos túmulos, 2007

Padre Queveno: Isso non eczite!
Pedro: Isso é uma cilida Bino!
Willian Bonner: Boa Noite!
Harry Potter: Murta que geme?!
Vinicius: Nada que um tackle não resolva!
Loch: Sou bem mais a Denise o Luquinhas!
Volkmer: Solta o meu vinho!
Luquinhas: Tem uma BIXA na minha carteira lápide.
Mulher do Cemitério: E aí, gostô?!